terça-feira, 30 de agosto de 2011

Entrevista Emma Watson...


Que tipos de papel você tem aceitado após Harry Potter?

Emma Watson: Bom, eu escolho as personagens que sejam o mais diferente possível de Hermione.

Por quê?

Emma Watson: Porque eu cresci com ela; aquela garota é esperta e é grande parte de mim. Algumas vezes eu até sonho com isso, imaginando as suas aventuras. É muito duro ter que se distanciar do mundo de Harry Potter. Eles eram minha família, nós vivíamos juntos. Daniel Radcliffe é um cara adorável, generoso e energético. É meio estranho, mas a cumplicidade que une Harry, Rony e Hermione era refletida na vida real. Eu me senti triste, desestabilizada. Harry Potter era meu casulo. Agora eu vou ter que encontrar minhas marcas, meu rumo, um novo universo.

A estudante de nome Sam, que você interpreta em “The Perks of Being a Wallflower”, do diretor Stephen Chbosky, é uma “trouxa”. Esse é um bom começo?

Emma Watson: Voila! Uma garota moderna, sem magia. Ela teve uma infância difícil, ela não costuma amar muito e vai achar o seu equilíbrio e confiança numa amizade platônica com um garoto. Foi muito difícil de fazer esse papel. Sam é muito diferente de mim.

Você se sentiria seduzida a fazer uma nova carreira algum dia?
Emma Watson: É verdade que eu não ligaria de ser uma escritora. Mas eu comecei a me dar conta de que a minha carreira como atriz é muito importante para mim. É parte da minha vida. Provavelmente porque eu cresci em meio à mágica do cinema!




Nenhum comentário:

Postar um comentário